910
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Waddy - Data: 31/08/2016 17:31

Enxaqueca e disfunção temporomandibular, saiba qual a relação da sua dor de cabeça com os problemas da mastigação.

Isso acontece porque frequentemente os sinais da DTM são muito discretos e acabam não sendo observados
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Enxaqueca e disfunção temporomandibular, saiba qual a relação da sua dor de cabeça com os problemas da mastigação.

Pessoas que sofrem de enxaqueca nem sequer imaginam que o problema pode ter uma estreita relação com a articulação da mandíbula, a ATM (articulação temporomandibular).

A enxaqueca é considerada um tipo de cefaléia primária e isso significa que esse tipo de doença não é causada pela disfunção da ATM, mas que pode ser agravada quando o paciente possui os dois problemas. A prevalência de disfunção da ATM (ou simplesmente DTM) em pessoas que possuem enxaqueca é extremamente alta, levando a um quadro de dor muitas vezes complicado. Algumas dessas pessoas passam por inúmeras consultas médicas em vários especialistas como neurologistas, cefaliatras, médicos da dor e dentistas Isso ocorre durante anos, antes de descobrir que possuem também uma disfunção da ATM, fato que aumenta a cronicidade, dificultando assim as possibilidades de tratamento efetivo. E adivinhem? Tratar a enxaqueca, com os melhores e mais modernos medicamentos pode não ser o suficiente se a ATM continuar apresentando características clínicas de disfunção.

Isso acontece porque frequentemente os sinais da DTM são muito discretos e acabam não sendo observados por quem não tem um treinamento apropriado em  patologia da ATM que é o que acontece com inúmeros profissionais da saúde. O diagnóstico preciso favorece melhor determinação de possibilidades de tratamento. Atualmente encontram-se achados clínicos diversos em processos de disfunção da ATM, como dores cervicais, nos ombros e que altera consideravelmente até mesmo a qualidade do sono. Uma avaliação precisa das disfunções apresentadas favorece o tratamento global deste paciente e consequentemente a redução significativa do quadro de enxaqueca. Portanto, em pacientes que estão sob o tratamento medicamentoso da enxaqueca, é importante que seja submetido à avaliação fisioterapêutica especializada e consequentemente terá grandes possibilidades de futuramente redução da dosagem medicamentosa. Sinais e sintomas de dor, estalido, cansaço na mastigação, associados a dor de cabeça, procure atendimento fisioterapêutico especializado para melhor atende-lo.

 

 

Prof. Ms. Luiz Henrique Gomes Santos

Diretor clínico do Instituto sulmineiro de cabeça e pescoço – ISCP

Coordenador do curso de Fisioterapia – UNIFEG

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]