3521
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Waddy - Data: 25/10/2016 14:08

A Importância da Fisioterapia na sua vida!

A meta do tratamento é se antecipar à lesões, tratar ou reabilitar indivíduos com diferentes disfunções, que podem vir a promover dor, objetivando a reabilitação e a melhoria na qualidade de vida.
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis A Importância da Fisioterapia na sua vida!

A Fisioterapia é uma especialidade que se concentra na avaliação do movimento e da postura, baseando-se na estrutura e na função do corpo, para promover saúde e prevenir doenças, lesões, deficiências e incapacidades.

A meta do tratamento é se antecipar à lesões, tratar ou reabilitar indivíduos com diferentes disfunções, que podem vir a promover dor, objetivando a reabilitação e a melhoria na qualidade de vida.

Melhorar a qualidade de vida do paciente, independentemente da patologia que ele apresenta. Entender isso é o ponto de partida para que o fisioterapeuta consiga desenvolver tudo o que aprendeu na faculdade entre matérias, métodos, protocolos e ensinamentos.

Não é por acaso que o fisioterapeuta deve ser um profundo conhecedor e observador  do estilo de vida moderno, justamente para que possa desempenhar melhor o papel de dar  saúde para o desenvolvimento humano. A manutenção, promoção e reabilitação, associadas às tecnologias contribuem com qualidade de vida da população. Desta forma o mercado de trabalho para o Fisioterapeuta vem sendo ampliado a cada dia.

O Fisioterapeuta pode atuar em hospitais, prefeituras, empresas (saúde do trabalhador), academias, spas, lar de idosos, escolas e em clubes desportivos, docência e pesquisa ou com atendimento domiciliar. Pode, ainda, ser proprietário de sua clínica ou consultório.

O reconhecimento não é fácil, fazendo a vida de fisioterapeuta ter alguns percalços. Porém, temos grandes exemplos de profissionais com sucesso, e isso se deve a rotina de estudos e comprometimento com a profissão, e principalmente com seus pacientes. Muitos pacientes já passaram e muitos acham que as sessões de fisioterapia não adiantarão em nada. Isso se deve muitas vezes a forma com que alguns profissionais se submetem a condições de trabalho. Como ocorre com as grandes operadoras de saúde que pagam valores ínfimos aos fisioterapeutas (que se submetem a receber isso) que por sua vez, atendem muitos pacientes ao mesmo tempo ou em períodos extremamente curtos e que se tornam impossibilitados de fazer algo de positivo para seus pacientes. A internet esta acelerando as informações, e os pacientes tiveram grandes mudanças em seus perfis. Muitos já chegam aos médicos e consequentemente nos fisioterapeutas, com informações valiosas sobre sua doença. Isso tem “forçado” melhores resultados por parte dos profissionais. Não cabe mais, dentro da fisioterapia atual, sessões automatizadas, onde vários pacientes são tratados da mesma forma, com o uso de aparelhos e isolamento em cabines frias e impessoais. O tratamento de fisioterapia que tem que existir é o profissional que escute a queixa, pense em objetivo, nos métodos para chegar nesses objetivos e trace um tratamento e chegue a alta, mesmo que dure mais do que as benditas sessões pré-determinadas pelo plano. O tratamento deveria começar na clínica/consultório/hospital e continuar em casa, na rua com as orientações do fisioterapeuta sobre o dia a dia do paciente. Há 7 anos esta história passou a se tornar realidade, com a clínica de Fisioterapia do UNIFEG, onde os pacientes são ouvidos, tem suas queixas tratadas de forma plena e a educação para uma vida mais saudável é feita constantemente para que a qualidade de vida seja mantida mesmo após a alta. Desde 2009 temos formado profissionais capacitados e isso tem mudado de forma ampla a realidade da fisioterapia na região de Guaxupé. Os profissionais que atendem nos municípios e consultórios particulares, em sua maioria se formaram pelo UNIFEG, e isso tem sido garantia de atendimento humanizado, eficiente e de grandes resultados.

Não estamos longe da fisioterapia ideal. Talvez falte mais informações para profissionais e pacientes. Talvez falte boa vontade de se valorizar dos profissionais (mas estamos no caminho certo). Mas esses profissionais, aos poucos, estão entendendo que o seu papel na sociedade só será valorizado quando o conhecimento tomar a frente do processo e eles conseguirem se impor por causa disso. Aí sim, através do conhecimento certamente ganharemos o mundo. Procure sempre Fisioterapeuta após saber de sua história profissional, seus resultados e o quanto ele se dedica em valorizar-se como profissional. Fará certamente a diferença em sua vida.

 

Prof. Ms. Luiz Henrique Gomes Santos

CREFITO4: 115915F

Doutorando em Fisioterapia - Lab. de Eletrotermofototerapia - UFSCAR

Coordenador do curso de Fisioterapia – UNIFEG

Diretor clínico do Instituto sulmineiro de cabeça e pescoço – ISCP

Delegado do CREFITO-4 na mesorregião de Guaxupé – MG

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]