702
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 25/04/2019 10:20

Comerciantes do setor culinário participam de curso sobre boas práticas em manipulação de alimentos

Capacitação, que foi oferecida pela Vigilância em Saúde, contou com a participação expressiva de comerciantes e foi ministrada pelo profissional Marcelo Pedroza
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Comerciantes do setor culinário participam de curso sobre boas práticas em manipulação de alimentos

Comerciantes de diferentes níveis do setor alimentício em Guaxupé participaram de um curso de boas práticas, oferecido pela Vigilância em Saúde, da Prefeitura de Guaxupé. A capacitação aconteceu nesta quarta-feira, 17 de abril, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, tendo sido motivada pela política de parceria entre o poder público e a sociedade. Mais do que fiscalizar, a Saúde Pública local visa a capacitação dos profissionais, com vistas ao bom andamento de seus negócios e, principalmente, o bem-estar dos consumidores.

O curso, denominado “Boas Práticas em Manipulação de Alimentos”, foi aberto pela diretora da Vigilância, Jurema Costa, a qual enfatizou a importância da iniciativa: “Todos que aqui estão sabem dos riscos e as desastrosas consequências para com eventuais intoxicações alimentares. Por isto, todo cuidado é pouco, pois a prudência e o conhecimento só rendem ‘frutos’ positivos a quem se atenta às normas e questões sanitárias”, enfatizou a profissional, que chamou ainda a atenção para com os processos de alvarás, entre outros, cujos deferimentos estão atrelados, e certa forma, às condições adequadas de funcionamento dos estabelecimentos.

Com quatro horas de duração, o curso foi ministrado pelo coordenador da Vigilância Ambiental e de Zoonoses, Marcelo Pedroza. Experimente, ele detalhou normatizações que são fundamentais, como a higienização de produtos e dependências, a necessidade de armazenamento de itens em ambientes salubres, os descartes da maneira correta, entre outros pontos. “Na verdade, cada vez mais que o comerciante investe nestes cuidados, menos problemas com a fiscalização ele terá. São temas fundamentais e que, se adotados regularmente, resultam de maneira tão positiva que, ao final, percebe-se a importância de se adequar para que, a partir daí, isto se torne uma prática cotidiana”, recomendou Marcelo.

Entre os participantes, a receptividade foi unânime: “Apoio este tipo de iniciativa, pois elas realmente vêm para somar. Se nós, que somos os principais interessados nisto, recebemos o apoio do poder público para nos instruirmos cada vez mais, é sinal de que estamos no caminho certo”, reconheceu a cozinheira Sônia Mariza de Oliveira Magalhães, da lanchonete Vegetariando, que fica na Avenida Dona Floriana e tem alcançado sucesso com a venda de produtos veganos. “Nós, enquanto comerciantes, somos sempre favoráveis a este tipo de ação, pois sabemos que só nos ajuda. Queremos sim estreitar cada vez mais os laços com a municipalidade, pois sabemos também de nossa importância, enquanto microempresários, para a economia do Município”, enfatizou Alexandre Ferreira da Silva, do “Tiãozinho Lanches”, com unidades na praça do Terminal Rodoviário Guaxupé e participações já de longa data em eventos festivos.

Representante da Câmara no evento, o vereador Francis Osmar da Silva participou: “Fui convidado e fiquei muito feliz com a proposta da Prefeitura, de capacitar aos comerciantes. Este pessoal é quem impulsiona nossa economia, recebe nossos turistas e mostra como é nosso Guaxupé. Por isto, tudo o que puder ser feito pelo bom funcionamento de seu trabalho é válido. Parabéns aos comerciantes, que lotaram este auditório e demonstraram, assim, o interesse nas boas práticas em manipulação de alimentos”, disse o parlamentar. “É interesse do governo municipal instruir aos profissionais, pois reconhecemos muito o valor de cada um para o Município e temos condições de ajuda sim”, concluiu Pedroza.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]