231
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 13/09/2019 18:36

Pacientes sofrem com calor na Hemodiálise em função de recursos públicos ainda não concretizados

A unidade tinha ventiladores, mas a Vigilância Sanitária mandou retirar e aparelhos de ar condicionado deveriam ter sido comprados com verbas direcionadas via Emendas. Porém, dinheiro público não chegou e usuários da Hemodiálise estão passando calor excessivo. Santa Casa, contudo, já comprou os equipamentos e os instalará por estes dias
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Pacientes sofrem com calor na Hemodiálise em função de recursos públicos ainda não concretizados

Renais crônicos atendidos pelo Centro Regional de Hemodiálise Sálvio Santos Campos, em Guaxupé, estão sofrendo com a alta temperatura dos últimos dias, haja vista que os ventiladores do local foram retirados, por determinação da Vigilância Sanitária. A unidade, de acordo com a direção da Santa Casa, já deveria ter sido beneficiada com sistema de ar condicionado. Porém, a referida melhoria depende até hoje de recursos públicos, direcionados entre 2017 e 18, pelos deputados Emidinho Madeira e Carlos Melles, na ordem de R$ 350 mil, cuja verba ainda não chegou.
O calor quase insuportável dos últimos dias tem incomodado muito aos pacientes: "A gente fica molhadinho de suor, sente mal-estar e é um inferno só!", reclamou um dos usuários do Centro de Hemodiálise. "Antes, com os ventiladores, era mais tranquilo, mas agora está mesmo impossível", reclamou outro. "O pior é que a gente não tem opção: é fazer a diálise ou fazer. Mas, pensem bem: já sofremos com nossos problemas diários e somos obrigados a conviver com este calorão ainda?" indagou outra cidadã (vários entraram em contato com o JOGO SÉRIO para reclamar).

O Jornal buscou informações sobre o problema apontado pelos renais crônicos, tendo a assessoria jurídica da Santa Casa admitido o clima quente dentro do Centro de Hemodiálise. Segundo consta, os ventiladores foram retirados mesmo por determinação da Saúde Pública, mas o próprio Hospital adquiriu três aparelhos de ar condicionado, os quais serão instalados por estes dias.
Os equipamentos, conforme ainda a Santa Casa, foram adquiridos com recursos próprios, já que, segundo o Hospital, uma emenda parlamentar do deputado Melles, no valor de R$ 250 mil, e outra, por parte de Emidinho, de R$ 100 mil, estavam sendo aguardadas justamente para a compra de ar condicionado e novas poltronas ao Centro de Hemodiálise.
Segundo o setor jurídico do Hospital, os recursos haviam sido prometidos para até o final de 2018, mas até agora apenas R$ 20 mil chegaram, da indicação de Emidinho, na época ainda deputado estadual. O JOGO SÉRIO conversou com as assessorias dos dois parlamentares, tendo recebido as respostas de que ambos procederam conforme a legislação, tendo indicado os recursos (Melles, diga-de de passagem, recordou o apoio inclusive na implantação do Centro de Hemodiálise). Porém, o governo, por dificuldades orçamentárias, não conseguiu honrar os compromissos e provocou o atraso na confirmação dos recursos. Porém, nos dois casos as verbas devem ainda ser depositadas, acreditam os representantes públicos.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: [email protected] / [email protected]