387
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 01/09/2020 06:43

Voluntários têm sido fundamentais às vidas de famílias carentes em Guaxupé

O grupo, que é formado por pessoas de diferentes áreas, se comoveu com a dor dos mais necessitados e não parou mais de ajudá-los. Numa valiosa parceria com Marcelo "Peixão", do Exército do Bem, eles percorrem as periferias, onde distribuem alimentos, vestuários e muita esperança a quem precisa
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Voluntários têm sido fundamentais às vidas de famílias carentes em Guaxupé

Um grupo de voluntários em Guaxupé tem atuado no sentido de amenizar os sofrimentos de famílias prejudicadas pelas más condições financeiras e a desestrutura socioeconômica. Dedicados a auxiliarem o próximo, eles realizam a distribuição de alimentos, vestuários e oferecem também outros tipos de assistência a moradores de bairros populares, andarilhos, dependentes químicos, assim como outros sofredores.
A ação social conjunta teve início há alguns meses, quando um dos membros do grupo ajudou a uma pessoa com cobertor. "Começamos dia 10 de junho, inicialmente para uma campanha do agasalho, mas saímos às ruas e percebemos as necessidades principalmente por conta da pandemia. Havia muitos pais trabalhadores informais que estavam desempregados, suas crianças em casa e, enfim, há muitos bairros na cidade onde os moradores são de extrema vulnerabilidade social. Aí, resolvemos estender a campanha e ampliá-la com a distribuição de cestas básicas, roupas, sapatos e a sopa", explicou a assistente social Patrícia Dias Abdala.
Com um grupo bastante engajado, iniciou-se então o que tem sido fundamental às vidas de muitas pessoas. Todo início de semana os idealizadores recebem donativos de amigos, os juntam aos itens que eles também adquirem com esforços próprios, montam as cestas alimentícias, preparam os vestuários e saem aos bairros carentes, onde distribuem cerca de 250 porções de sopas e levarem esperança a cada pessoa ofertada: "É uma terça-feira em que a gente vai deitar mais leve. Percebemos a carência de muita gente e, então, abrimos mão de várias coisas neste dia especial e partimos ao trabalho", explicou o médico Kemil de Melo Abdala Tauil, que igulamente a outros membros do grupo, leva suas crianças para verem de perto a vida difícil de tantas famílias, a fim de despertar nelas o sentimento de caridade.

 

Com o Exército do Bem
Com os objetivos em comum, o trabalho dos voluntários ganhou a parceria da ONG Exército do Bem, dirigida pelo líder comunitário Marcelo de Souza Andrade, que é popularmente conhecido como "Peixão" e atua nas áreas social, cultural, esportiva e de integração entre os bairros populares: "Foi Deus quem colocou o "Peixão" em nosso caminho. O conhecemos por meio de um amigo, o Solismar, que pertence ao Clube Pangaré e participou de uma ação social onde o Peixão é quem foi o elo entre eles e os beneficiários. Então, ele se disponibilizou na hora em nos ajudar e, desde então, não paramos mais, pois a necessidade das pessoas é muito grande. Então, nosso grupo é muito bacana e tudo o que as pessoas precisam a gente se une para ajudar. Queremos, inclusive, agradecer aos apoiadores deste nosso trabalho de formiguinha. O Peixão é imprescindível para este trabalho", disse a advogada Priscila Dias.
Numa rotina que parece estar longe de terminar, os voluntários iniciam o preparo do alimento ainda na segunda-feira, no RC Refeições, onde preparam as porções, e realizam as entregas no início da noite seguinte. Divididos em dois grupos, eles partem em busca da solidariedade: "Não é uma ação que dá para parar, pois as pessoas ficam nas portas das casas nos esperando. Infelizmente, a gente vê que muitas vezes as pessoas comem só o alimento da cesta básica. Por isto, fazemos uma refeição diferenciada. Sendo assim, precisamos de ajuda para doações, pois atendemos também muitas crianças, a quem doamos leite e ajudamos de toda forma", explicou Patrícia, que também ajuda no "Sopão da Dona Neide", que acontece diariamente na Vila Progresso, além da Casa do Caminho, onde distribuem sopas e enxovais a recém-nascidos.

 

Trabalhando na Seara de Jesus
Com uma ação cuja importância supera os limites da compreensão, os voluntários parecem estar dispostos a fazer cada vez mais pelo próximo. "A Patrícia já é da área social, mas eu, por exemplo, não conhecia muitos destes projetos e destas dificuldades das pessoas", ressaltou a médica Kêmily Abdala, também envolvida na ação humanitária junto a seus amigos. "Quero agradecer a todos que nos fazem doações, pois todos são muito solícitos, doando desde uma latinha de massa de tomate até cestas básicas", agradeceu Juliana, outra abnegada do trabalho social em questão. Aos interessados em contribuir, doação de mantimentos podem ser feitas na Clínica Santa Pele, que fica na Rua Aparecida, e na Cacau Show, localizada na Avenida Conde Ribeiro do Valle, área central da cidade. CLIQUE AQUI e veja a íntegra desta entrevista!!!

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.