3777
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 24/11/2020 09:58

DENÚNCIA: Padre está sendo vítima de injúria racial em Alfenas

Padre Riva foi atacado por telefone e pessoalmente em função de sua origem e a cor da pele Foto: g1.globo.com
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis DENÚNCIA: Padre está sendo vítima de injúria racial em Alfenas

O padre Riva Rodrigues de Paula, de 42 anos e que tem participações ativas nos acontecimentos das paróquias São José e Nossa Senhora das Dores, em Alfenas, está sendo vítima de injúria racial. A denúncia foi feita por ele mesmo, via imprensa regional, onde o religioso externou os seguidos ataques feitos por conta de sua origem e a cor da pele.
As ofensas foram feitas via telefonemas à Igreja Matriz de Alfenas, onde interlocutores perguntavam em quais horários o "padre preto" presidiria as missas, pois não participariam em função de "não gostarem de negros". Já pessoalmente, segundo o próprio padre Riva, os insultos foram ainda piores: "Quando, chegando para a celebração, um casal disse: "Esse preto fedido aqui de novo?"", afirmou o reverendo, que em 2013 também sofreu preconceito racial durante seu trabalho paroquial na cidade de Poços de Caldas.
O caso em Alfenas, onde riva está há dois meses, tem repercutido muito mal, com autoridades não só do município, mas também em nível regional, já tomando providências contrárias aos atos racistas. Entre eles, a Diocese de Guaxupé, que é representada pelo bispo, Dom José Lanza Neto, o qual editou nota de repúdio e externou o apoio ao padre Riva. Também a Coordenadoria Municipal de Promoção à Igualdade Racial de Alfenas solidarizou-se, assim como membros da própria comunidade daquele município.
De acordo com o apurado, o padre Riva ainda não registrou boletim de ocorrência, embora tenha sido orientado a fazê-lo. Segundo ele, o motivo de sua denúncia é conscientizar a população de que o racismo é errado: "Aqueles que prezam pelo respeito à vida têm que falar, denunciar e mostrar que este mal está vivo, muito presente no coração, infelizmente, de algumas pessoas", ponderou padre Riva. Veja, no ícone DIA-A-DIA deste www.jornaljogoserio.com.br, a íntegra da nota de repúdio da Diocese de Guaxupé por conta das injúrias raciais das quais o sacerdote está sendo vítima.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.