4662
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 24/11/2020 10:07

Diocese de Guaxupé emite nota oficial contra a injúria racial sofrida pelo padre Riva

Dom José Lanza Neto, bispo da Diocese de Guaxupé, repudiou o ato ocorrido em Alfenas e reafirmou o apoio da instituição a padre Riva
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Diocese de Guaxupé emite nota oficial contra a injúria racial sofrida pelo padre Riva

A Diocese de Guaxupé, por meio de seu bispo, Dom José Lanza Neto, repudiou o ato de injúria racial do qual foi vítima o padre Riva Rodrigues de Paula, das paróquias São José e Nossa Senhora das Dores, em Alfenas. Divulgado pelo próprio sacerdote, já cansado dos insultos por conta de sua origem e a cor de sua pele, o crime em questão repercute muito mal desde a semana passada, quando foi externado. Veja, abaixo, a íntegra da nota de repudio:
- "Nota de repúdio e apoio ao sacerdote Riva Rodrigues de Paula.A diocese de Guaxupé - Dom José Lanza Neto às paróquias de Alfenas a saber: com seus respectivos padres, vem por meio desta, repudiar os atos discriminatórios que sofreu padre Riva Rodrigues de Paula - vigário paroquial da paróquia São José e Nossa Senhora das Dores por parte de algumas pessoas deste nosso município de Alfenas em razão de sua cor de pele. São inaceitáveis atos de racismo em qualquer esfera da sociedade, principalmente em âmbito religioso - cujo lugar é propagar o respeito mútuo, o amor sincero e o diálogo. "Não podemos tolerar ou fechar os olhos ao racismo e à exclusão de qualquer forma e, no entanto, pretendemos defender a santidade de toda vida humana", afirmou recentemente o Santo Padre Francisco em sua audiência pública de junho deste ano. O racismo, além de um ato discriminatório, e de um pecado gravíssimo, que viola a lei do mandamento de Deus, é um crime inafiançavel, imprescitível, segundo a nossa constituição brasileira. Fica assim manifesto publicamente nossas orações, apoio e amizade ao referido sacerdote, e a certeza de que juntos venceremos e combateremos qualquer ato discriminatório que fere nossas comunidades paroquiais".

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.