2647
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/11/2021 19:13

Diretoria da Câmara propõe contratação de assessores com o objetivo de melhorar o trabalho dos vereadores em Guaxupé

Projeto foi incluído na pauta da sessão desta segunda-feira, 22 de novembro
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Diretoria da Câmara propõe contratação de assessores com o objetivo de melhorar o trabalho dos vereadores em Guaxupé

A Mesa Diretora da Câmara Municipal de Guaxupé propôs um projeto, com anuência da Comissão de Justiça e Redação, que resultará na criação de até quatro cargos de assessores, com vencimentos médios de R$ 3,5 mil/mês cada um deles. A matéria, que reduzirá a quantidade de estagiários naquela Casa de Leis, será votada nesta segunda-feira, 22 de novembro, durante a sessão parlamentar. De acordo com o informado, o objetivo é melhorar a qualidade dos serviços prestados pelos políticos de nível municipal.
O projeto, que "Altera o Anexo II da Lei Municipal nº 2.357, de 8 de outubro de 2015", está assinado pelo presidente Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho), além do vice-presidente, Leonardo Donizetti Moraes (Léo) e o 1º secretário, Wilson Ruiz de Oliveira (Tomate). De sua legalidade, houve parecer favorável da comissão interna composta por Danilo Martins de Oliveira, Paulo Rogério Leite Ribeiro e Gustavo Vinícius de Paula.
De acordo com o conteúdo da proposta, cada bloco de vereadores (hoje são três) contará com um assessor, a fim de auxiliarem os políticos na condução de seus trabalhos legislativos. Oficialmente, os novos cargos têm a denominação de Consultor Técnico Parlamentar. "O intuito da criação dos cargos é reduzir o número de estagiários. O que acontece com os estagiários é que quando eles estão ficando bons de serviço o estágio acaba e eles não podem ser recontratados", justificou-se o presidente Zettinho.
O presidente da Câmara admitiu que, com a aprovação do projeto, haverá redução no número de estagiários, mas negou qualquer manobra imoral. "Quero que fique claro que não estamos criando "cabides de emprego", mas sim dando mais agilidade ao processo legislativo. Até porque o candidato ao cargo terá que ter curso superior na área ou pelo menos estar cursando faculdade, tendo em vista que só esse ano, segundo a Comissão de Justiça e Redação, já passaram pelo Apoio Legislativo mais de 200 projetos de leis e os vereadores cobram agilidade no serviço", frisou o dirigente político.

Num passado recente...
Ainda sobre os assessores de vereadores na Câmara de Guaxupé, na legislatura de 2012/15 cada um dos parlamentares locais contava com o apoio de um assessor, com o salário mensal de R$ 1,2 mil. Na gestão seguinte, o então presidente, Danilo Martins, ainda na 1ª sessão do ano, apresentou projeto com o fim das assessorias, tendo ele mantido apenas o apoio legislativo da Presidência. Naquela ocasião, Danilo apontou que os antecessores desestruturaram aquela Casa de Leis e que seria necessário reorganizar. Já na semana passada, Danilo, Paulo Rogério e Gustavo deram parecer favorável a criação dos assessores para os blocos de vereadores.

Equiparando
No mesmo projeto consta, ainda, uma equiparação de vencimentos e atribuições de assessores já existentes no Legislativo local, os quais terão seus salários equivalentes aos servidores do nível funcional "CC-I". Ou seja: os atuais vencimentos, que giram em torno de R$ 3,8 mil, serão acrescidos para R$ 5,5 mil com a aprovação do projeto que será votado nesta segunda-feira, 22 de novembro, a partir das 19 horas, na sede do Legislativo, com permissão para a presença do público. - Veja, logo mais, no www.jornaljogoserio.com.br, outras informações sobre a comunidade em que você vive. - Se você deseja ajudar o Jornal, faça um PIX com qualquer quantia para (35) 9-8884-6778. Para receber as notícias do JOGO SÉRIO em seu whatsapp, CLIQUE AQUI

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.