3941
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 15/02/2021 13:17

"O que era lixo, agora é fonte de renda", diz o vereador Paulo Rogério em visita à usina de reciclagem

Paulo Rogério foi conhecer de perto os trabalhos da Cooperativa de Catadores
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis

Completando 01 mês de atividades, a Usina de Triagem e Compostagem do município recebeu a visita do vereador Paulo Rogério (PSC) que fez questão de acompanhar de perto o trabalho da Cooperativa de Catadores existente naquele local. Diariamente está sendo recolhido pelos bairros cerca de 01 tonelada de material reciclável. A expectativa é de que esse número chegue a 06 toneladas/dia. A Prefeitura já prepara a desativação do aterro controlado, popularmente conhecido como lixão.
Com pouco mais de 30 dias de atividades, a Usina de Triagem tem recebido uma quantidade considerável de material. Aos poucos a população tem entendido a importância de colaborar com a Cooperativa, separando os materiais recicláveis para que sejam recolhidos pela empresa de coleta que possui cronograma de trabalho dividido por dias da semana e os bairros. “Hoje chega na usina cerca de uma tonelada de material por dia. Esperamos que com o passar dos tempos e o entendimento das pessoas em contribuir com a reciclagem é de que esse número chegue de 06 a 07 toneladas por dia. Mas tudo está ocorrendo dentro das expectativas tanto da Prefeitura quanto da Recicleiros”, explicou Rafaela Soares, diretora de Meio Ambiente da Prefeitura que esteve acompanhando o vereador em sua visita à cooperativa.
Segundo Paulo Rogério, Guaxupé dá um importante passo e com a implantação e regulamentação da coleta seletiva o município passará a receber ICMS Ambiental para que possa haver ainda mais investimento na proteção do meio ambiente. “Acompanhei todo o processo para que nossa cidade pudesse finalmente ter a tão sonhada coleta seletiva. Hoje poder estar aqui na usina e ver de perto essas pessoas trabalhando na cooperativa me enche de alegria. Podemos ver o que antes era lixo e que seria descartado no lixão, tornando fonte de renda para essas famílias. Além disso, estamos simultaneamente protegendo nosso meio ambiente”, disse Paulo Rogério.

Guaxupé não enterrará nenhum quilo de lixo: A Prefeitura está trabalhando um planejamento para que o aterro controlado seja desativado e que nenhum quilo de lixo seja enterrado no local. Isso só será possível com o pleno funcionamento da Usina de Triagem e Compostagem, bem como a destinação do restante do lixo a outro município que tenha local adequado para recebe-lo. Quando isso acontecer, Guaxupé passa a se destacar nos quesitos de proteção ambiental, o que fará o município receber ainda mais recursos financeiros destinados para investimentos na área. CLIQUE AQUI e saiba mais sobre o serviço de reciclagem em Guaxupé.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.