222
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 16/07/2021 15:12

Servidores apresentam imagens para provar que vereador mentiu ao acusar Secretário de Obras

De acordo com documento já protocolado na Presidência da Câmara Municipal, Léo Moraes aguardou o Secretário de Obras apenas 20 minutos. Vereador, porém, usou a Tribuna do Legislativo para afirmar que ficou 50 minutos à espera de atendimento. População, via internet, considerou a polêmica desnecessária e se revoltou pelo fato de cidadãos serem obrigados a esperar muito mais por benefícios do poder público
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis Servidores apresentam imagens para provar que vereador mentiu ao acusar Secretário de Obras

Servidores municipais atuantes no "Barracão" da Secretaria Municipal de Obras em Guaxupé desmentiram o vereador Leonardo Donizetti Moraes (Léo), o qual, na última segunda-feira, 12 de julho, acusou o gestor da referida pasta no Executivo, Emmanuel Ribeiro do Valle, de tê-lo feito esperar por cinquenta minutos no local, na semana passada. Conforme já divulgado pelo Jornal JOGO SÉRIO, o legislador em questão fez um pronunciamento oficial, na Tribuna, quando criticou taxativamente o Secretário, tendo inclusive afirmado que mais de 90% dos trabalhadores daquele setor não gostam de Emmanuel. A resposta, já protocolada no Legislativo, não seria dada, segundo o próprio dirigente ofendido. Contudo, a atitude do parlamentar gerou o descontentamento do funcionalismo público citado, que exigiu o esclarecimento dos fatos.
Léo Moraes fez suas explanações na 11ª Sessão Ordinária, cujo conteúdo está registrado na fanpage/facebook da Câmara Municipal. Na ocasião, ele externou seu repúdio pelo fato de Emmanuel tê-lo feito esperar durante cinquenta minutos na porta do Barracão para atender o vereador. "Nunca fui tratado por um secretário ou deixado de atender, conforme fui na última quarta-feira, pelo secretário, sr. Emmanuel Ribeiro do Valle. Senti uma falta de respeito, pois fiquei cinquenta minutos em pé na cancela. Fui anunciado quando cheguei, ele estava atendendo a um servidor. E esse servidor, quando saiu, ainda conversou comigo na cancela. Eu esperei por mais uns trinta minutos e, sequer, fui cumprimentado pelo senhor Emmanuel. Fica minha insatisfação pelo atendimento não à pessoa de Léo Moraes, mas ao representante do povo", afirmou o vereador, que fez ainda outras alegações negativas à pessoa do secretário.
Embora as declarações de Léo tivessem repercutido amplamente na cidade, o secretário Emmanuel não queria comentá-las quando foi procurado pelo Jornal: "Não vou responder, pois estamos trabalhando num ritmo acelerado junto ao Dr. Heber e não vamos polemizar nada. Estou com a consciência tranquila e não sabia que o vereador estava lá. Mas, repito que nossa melhor resposta é o trabalho pela população", limitou-se o secretário, naquela ocasião. Na manhã de ontem, porém, trabalhadores do Barracão abordaram o "chefe" com imagens das câmeras de segurança do local e constataram que o vereador ficou, na verdade, apenas vinte minutos a espera de atendimento. Com data e horário, o circuito mostra a chegada de Emmanuel às 13h26; depois, às 13h34 Léo aparece, cumprimenta trabalhadores, com os quais conversa até 13h54 e vai embora (seu automovel, inclusive, foi filmado já em movimento, na rua do Barracão, às 13h55). E Emmanuel surge nas imagens cinco minutos depois, já do lado externo do Barracão, onde o vereador havia ficado, na verdade, apenas vinte minutos.

Providências cabíveis...
Já enviado à presidência da Câmara Municipal, o documento que rebate as palavras de Léo Moraes será analisado para as devidas providências. O dirigente do Legislativo, Donizetti Luciano dos Santos (Zettinho), admitiu ter recebido o conteúdo, mas ainda não se inteirado totalmente, o que fará por estes dias. Não ficou claro, também, se o fato será levado ao conhecimento do Ministério Público ou haverá algum procedimento jurídico interno, haja vista a gravidade das acusações feitas por Léo a Emmanuel (além da contestação, o material foi entregue também com cópia das imagens do circuito interno da Câmara, a fim de comprovar a defesa).

Pegou mal:
Nas redes sociais, a atitude de Léo Moraes, que externou o fato de ter ficado esperando atendimento no Barracão, causou a revolta de internautas: "Cinquenta minutos é pouco para ficar esperando. Quanto tempo espera uma pessoa na fila para uma cirurgia ou determinado exame?", indagou César Alves. "Se irritou por esperar cinquenta minutos? E nós que esperamos quatro anos vocês começarem a mostrar serviço?", cobrou Carmem Pereira. "Essa é boa! Estou esperando uma assinautra dele faz um ano e não estou irritada", ironizou Sueli Bueno. "Pelo que eu li na reportagem, o problema dele é pessoal! Pelo jeito, nunca ficou em uma fila", desafiou Mariana Flávio. - CLIQUE AQUI e veja a íntegra do pronunciamento de Léo Moraes (entre os 11º e 18º minutos), feito na Câmara, durante a 11ª Sessão Ordinária. - Reveja, se ainda não acompanhou, matéria do Jornal JOGO SÉRIO, no ícone "Políticas", com as declarações do vereador, que desencadearam toda a polêmica. - Confira, logo mais, no www.jornaljogoserio.com.br, outras informações sobre o cotidiano da cidade e região.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.