140
Páginas Visualizadas Hoje

Autor: Carlos Alberto - Data: 19/01/2021 10:12

É hora de pagar o IPVA: 6 dicas que podem te ajudar a entender como pagar o imposto e economizar

De acordo com Luiz Henrique Garcia, CEO da QuiteJá (foto), plataforma de negociação de dívidas, é necessário fazer uma autoanálise para identificar a situação financeira e se há condição de pagamento em uma única parcela
Facebook Twitter LinkedIn Google+ Addthis É hora de pagar o IPVA: 6 dicas que podem te ajudar a entender como pagar o imposto e economizar
São Paulo, janeiro de 2021 - Já faz parte da rotina dos proprietários de carro: todo início de ano entra no orçamento de milhões de brasileiro o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). Cobrado anualmente, o tributo pode ser quitado de duas maneiras: pagamento à vista ou parcelado. Para quem não pode dispor do dinheiro de uma só vez, é possível pedir uma parcelamento do valor em até 3x, sem juros. Se a opção for a quitação em cota única, dependendo do estado, o desconto pode chegar a 10%.

Para cobrar o imposto, o Estado avalia o valor do automóvel. A quantia é calculada sobre o preço venal do veículo o que pode variar entre 1,5% até 4%. Para identificar qual o valor de mercado, o governo usa como referência a tabela divulgada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Por exemplo, os proprietários de veículos movidos a gasolina e os bicombustíveis em São Paulo recolherão 4% sobre o valor venal. Já na Bahia, os proprietários terão valor reduzido de até 5%. Ou seja, com as reduções, os contribuintes baianos vão pagar em 2021, em média, cerca de 3,2% a menos no valor do tributo, de acordo com a Secretaria de Fazenda estadual.

Muitos questionam se vale, de fato, realizar o pagamento à vista se levarmos em conta que o abatimento no valor não é tão grande. De acordo com Luiz Henrique Garcia, CEO da QuiteJá, plataforma de negociação de dívidas, é necessário fazer uma autoanálise para identificar a situação financeira e se há condição de pagamento em uma única parcela. "Embora seja um desconto pequeno, pagar o IPVA à vista pode ser uma alternativa interessante para o motorista que tem um dinheiro guardado ou mesmo aplicado. Isso porque, em geral, o desconto é sempre superior ao rendimento em aplicações como fundo de renda fixa e poupança, por exemplo. Mas é necessário ter atenção e cautela", disse.

Pensando em te ajudar neste momento, o executivo listou abaixo algumas dicas importantes. Veja a seguir:

• Pague no dia certo: pagar o imposto no dia correto é sem dúvida a melhor forma de evitar que você fique sob o efeito dos juros. Porém, caso perceba que não vai conseguir pagar o IPVA à vista ou no prazo correto, a melhor opção é o pagamento parcelado. Avalie todas as opções.

• Parcelamento e empréstimos: não podemos esquecer que janeiro também é o mês de separar dinheiro para o material escolar e IPTU. Por isso, parcelar o IPVA em até 3x sem juros pode ajudar a equilibrar o orçamento e dar um alívio para os primeiros meses do ano. Caso você não tenha uma reserva de emergência para este momento, parcelar acaba se tornando uma boa opção. Resta avaliar!

• Use parte do seu 13º salário: é de suma importância você organizar as finanças e, se possível, reservar uma parte do seu 13º salário para pagar as contas de início de ano. Essa é uma boa estratégia para equilibrar o orçamento, visto que muitas contas se acumulam neste período. Embora seja tentador utilizar a renda extra para fazer compras, vale a pena reservar uma parte para quitar o imposto à vista e conseguir um bom desconto.

• Procure saber se seu banco não irá realizar planos e sorteios: nesta época, muitos bancos passam a oferecer planos, serviços, ou até mesmo consignações para que você possa ser "premiado" no final do ano, e com esse dinheiro, pagar o seu IPVA. Vale a pena conversar com o gerente do seu banco para ver o que ele tem para lhe oferecer.

• Organizar as finanças ao longo do ano: tenha o hábito de guardar um pouco de dinheiro para que você possa pagar seu IPVA à vista no início do ano, e claro, no boleto ou através de uma transferência bancária. Isso fará com que você economize um bom dinheiro somente por ter se planejado.

• Evite comprar carro no final do ano: ao comprar o carro nesta época, você terá a obrigação de pagar o IPVA dele no mês seguinte. A decisão mais inteligente é esperar as festas acabarem e buscar comprar o seu carro em janeiro, assim, ficará livre do IPVA pelos próximos 12 meses

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.







Quem Somos

Redação: R. Dr. Joaquim Libânio, nº 532 - Centro - Guaxupé / MG.
TELs.: (35) 3551-2904 / 8884-6778.
Email: jornaljogoserio@gmail.com / ojogoserio@yahoo.com.br.